No Carnaval de 2006, em Fátima, crianças apelam à igualdade e ao combate ao racismo.
No Carnaval de 2006, em Fátima, crianças apelam à igualdade e ao combate ao racismo. “Eu sou contra o racismo”. a esta frase estampada na t-shirt de um aluno da escola de Fontainhas da Serra, outras se juntaram, envergadas pelos colegas: ” a cor da pele é diferente mas somos todos iguais” e “Luta contra o racismo”.
a escola de Fontainhas da Serra, do agrupamento de jardins de infância e escolas de Fátima, escolheu como lema para o Carnaval de 2006 “Todos diferentes, todos iguais”.
Outras escolas escolheram também fantasias de Carnaval como forma de combate ao racismo e à defesa de oportunidades iguais para todos e de igualdade.
O Centro de Recuperação de Infantil de Fátima (CRIF), estabelecimento de ensino para crianças com deficiências, além de outras instituições deste tipo de Fátima também participaram no Carnaval alertando para as diferenças e necessidade de igualdade. “De mãos dadas construiremos um mundo melhor”, era o lema do carro do CRIF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *