a cidade de Onitsha, no sudeste da Nigéria, ficou calma, depois de dois dias de confrontos contra os muçulmanos. a violência religiosa continua a causar vítimas.
a cidade de Onitsha, no sudeste da Nigéria, ficou calma, depois de dois dias de confrontos contra os muçulmanos. a violência religiosa continua a causar vítimas. Segundo trabalhadores humanitários no terreno, foram contados mais de 80 corpos depois dos dois dias de ataques por parte de multidões de cristãos. a violência foi motivada pela morte de mais de 30 cristãos em duas cidades maioritariamente islâmicas, durante o fim-de-semana.
“Tudo parece calmo agora, mas muitas pessoas têm medo de sair de casa” disse um residente à imprensa. Uma vez que teve início, a violência foi alimentada por rumores de uma possível retaliação por parte dos muçulmanos. a polícia enviou reforços, mas não puderam impedir a violência.
Os líderes muçulmanos do Norte da Nigéria apelaram à calma. Mas com as tensões a aumentarem controlar a violência pode ser muito difícil.
Os 120 milhões de habitantes da Nigéria dividem-se equitativamente entre muçulmanos, cristãos e animistas. as relações entre muçulmanos e cristãos são muitas vezes tensas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *