a capital da Somália, Mogadishu, regressou à calma depois de quatro dias de confrontos entre milícias rivais.
a capital da Somália, Mogadishu, regressou à calma depois de quatro dias de confrontos entre milícias rivais. líderes locais, incluindo os tradicionais anciãos e o presidente da câmara, encontraram-se na terça-feira para discutir um cessar-fogo.
Mais de 20 pessoas morreram nos recentes confrontos, que foram os mais violentos em muitos anos, pelo menos na capital. a violência começou quando alguns líderes das milícias formaram uma aliança para lutar contra os tribunais islâmicos não oficiais que emergiram em Mogadishu. Muitos dos mortos eram civis atingidos por balas perdidas.
Confrontos entre grupos armados são comuns no país desde que o Mohamed Siad Barre teve que abandonar o poder em 1991, desde então o país encontra-se sem um governo funcional.
a 26 de Fevereiro, o parlamento somali vai reunir-se pela primeira vez em solo nacional desde que foi formado no Quénia, há mais de um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *