Gyanendra, rei do Nepal, pediu aos principais partidos da oposição que comecem um processo de diálogo e promovam a democracia.
Gyanendra, rei do Nepal, pediu aos principais partidos da oposição que comecem um processo de diálogo e promovam a democracia. é a primeira vez que o rei faz um apelo destes desde que tomou o controlo do país há um ano. Porém, o seu apelo ao reinício “do processo democrático” foi considerado “artificial” por um dos principais líderes da oposição.
“Vamos ouvir-nos uns aos outros, apresentar os nossos pontos de vista, acabar com a discórdia e melhorar o entendimento mútuo”, disse o rei Gyanendra. Pediu que todos os partidos que assim entendam se apresentem de forma activa, o mais rápido possível, para avançar com o processo democrático que constitui um grande interesse para a nação.
Enquanto o rei falava, pelo menos três mil manifestantes marcharam na capital Kathmandu. O rei está sob grande pressão nacional e internacional para restaurar as liberdades políticas. Os rebeldes maoí­stas convocaram uma greve geral para 3 de abril. Os membros da oposição estão cépticos quanto às verdadeiras intenções do rei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *