Junto à figura do Menino Jesus os habitantes colocaram bens produzidos na região, como o mel e o medronho
Junto à figura do Menino Jesus os habitantes colocaram bens produzidos na região, como o mel e o medronhoaté ao próximo dia 6 de janeiro é possível visitar, em qualquer horário, um presépio em cortiça elaborado pelos habitantes da aldeia da Cortelha, no concelho de Loulé, e que se encontra exposto no Largo da associação. a representação do nascimento de Cristo ganha forma depois dos habitantes da região saírem para os campos para aí recolherem a matéria-prima necessária para a construção do presépio.
Isto é tudo arranjado do mato. Saímos e procuramos bocados de cortiça que nos permitam depois fazer a figura. Quando pegamos num pedaço de cortiça, ficamos a pensar em que figura poderemos encaixar, explica avelino Costa, um dos envolvidos na obra. Dar uma forma ao presépio pode chegar a demorar semanas, com a colaboração de cerca de 15 pessoas, coordenadas pela associação dos amigos da Cortelha.

Este presépio teve a sua primeira edição em 2004, e em 2018 conta com novidades e com cerca de 150 quilos de cortiça, uma quantidade superior à dos anos anteriores. além das habituais personagens associadas a esta quadra, a obra conta com uma cascata e com iluminação.
Na sua primeira edição, o objetivo era o de dar uma imagem bonita da nossa terra e queríamos ganhar concursos, para dar valor à nossa aldeia. E ganhámos mesmo um concurso entre os presépios das aldeias do algarve e do Baixo alentejo, realça avelino Costa, destacando a presença de presentes junto à figura do Menino Jesus.
São as nossas ofertas daqui, temos o pão, o mel, o azeite, o trigo e o medronho. É o que temos para oferecer, acrescentou, em declarações ao jornal Sul Informação. Àqueles que se deslocam para conhecer esta obra, a população local dá as suas boas-vindas. Vêm de todo o lado para ver o nosso presépio. É muito visitado. ainda antes de estar pronto, já tivemos visitantes e gostamos muito de receber as pessoas. É também para fazer a aldeia mexer que construímos isto, realçou avelino Costa. O presépio foi inaugurado no passado dia 16 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *