Secretário-geral das Nações Unidas pede maior cooperação entre países e regiões para regular a migração e permitir a milhares de pessoas que procurem novas oportunidades
Secretário-geral das Nações Unidas pede maior cooperação entre países e regiões para regular a migração e permitir a milhares de pessoas que procurem novas oportunidades Num período em que os movimentos migratórios continuam a aumentar, o secretário-geral das Nações Unidas, antónio Guterres, recorda que a migração é um motor poderoso do crescimento económico, de dinamismo e de compreensão, que pode permitir a milhares de pessoas a procura de novas oportunidades, beneficiando tanto as comunidades de origem como as de destino. a ONU estima que, em 2018, cerca de 3. 400 migrantes e refugiados perderam a vida à procura de refúgio ou de uma vida melhor. Para chamar a atenção para esta realidade, a organização escolheu o lema Migração com dignidade para assinalar o Dia Internacional dos Migrantes, que se comemora esta terça-feira, 18 de dezembro. Uma semana depois da aprovação do Pacto Global para a Migração Segura, Ordenada e Regular, Guterres lembra que quando mal regulada, a migração pode intensificar as divisões dentro e entre as sociedades, expor pessoas à exploração e ao abuso e minar a confiança no governo. Neste contexto, o líder da ONU sublinha o facto do Pacto contar com o apoio esmagador dos Estados-membros, o que ajudará a enfrentar os desafios reais da migração, aproveitando os seus inúmeros benefícios uma vez que é centrado nas pessoas e tem raízes nos direitos humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *