O Iraque está a tornar-se num país sem futuro, considera o jornal do Vaticano L”Osservatore Romano.
O Iraque está a tornar-se num país sem futuro, considera o jornal do Vaticano L”Osservatore Romano. Num artigo com palavras fortes o jornal do Vaticano lamentou os bombardeamentos que continuam a afectar a vidas de todos os iraquianos, notando que a violência é principalmente devastadora entre os que são mais vulneráveis.
L”Osservatore Romano estava a reagir particularmente à morte de três crianças, mortas na explosão de uma bomba aparentemente colocada para destruir uma patrulha da polícia, no centro de Bagdade a 15 de Fevereiro. as crianças iam a caminho da escola e o jornal frisou: “Numa coincidência macabra, faziam o seu caminho para construir um futuro”.
Quatro oficiais da polícia foram mortos da mesma maneira noutro incidente no norte da cidade. Três civis resultaram feridos nessa explosão. E numa terceira explosão na zona oriental da cidade houve um morto e cinco feridos.
No Iraque, conclui o jornal, “a lógica brutal da violência” está a destruir a esperança de reconstruir a sociedade e “o futuro é cruelmente negado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *