Governos da África austral desafiados a mobilizarem-se contra as uniões forçadas entre adolescentes e homens mais velhos, e a promoverem a valorização da mulher com apostas fortes na educação e formação profissional
Governos da África austral desafiados a mobilizarem-se contra as uniões forçadas entre adolescentes e homens mais velhos, e a promoverem a valorização da mulher com apostas fortes na educação e formação profissional a presidente da assembleia da República de Moçambique, Verónica Macamo, lançou um apelo aos parlamentos da África austral para que se unam no combate aos casamentos forçados e prematuros, e defendeu que as mulheres devem ter a oportunidade de gozar a plenitude dos seus direitos. Devemos lutar pela eliminação das uniões forçadas e casamentos prematuros. Temos que garantir uma educação de qualidade para as mulheres e raparigas, afirmou a responsável, pedindo também aos órgãos legislativos dos países da região para se concentrarem na luta contra a violência de género e discriminação. Segundo Verónica Macamo, a valorização da mulher passa pela aposta na educação, formação profissional e participação nos órgãos de poder e de tomada de decisão, assim como pelo envolvimento nas atividades de criação de riqueza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *