Governo pediu a extensão do prazo até janeiro de 2026 para limpar cerca de 200 quilómetros quadrados de área minada. O país continua na lista de 11 nações com maior área contaminada
Governo pediu a extensão do prazo até janeiro de 2026 para limpar cerca de 200 quilómetros quadrados de área minada. O país continua na lista de 11 nações com maior área contaminada Um relatório apresentado esta semana em Genebra, na Suíça, informa que as autoridades angolanas pediram uma extensão do prazo até janeiro de 2026 para eliminar 1. 465 áreas minadas, totalizando 221,4 quilómetros quadrados. O plano de trabalho deverá ser apresentado numa reunião a realizar ainda este mês. angola continua entre os 11 países com maior área contaminada – mais de 100 quilómetros quadrados do total do território – e, em abril deste ano, reportou a existência de um total de 147,6 quilómetros quadrados de áreas minadas – 89,3 quilómetros quadrados de áreas perigosas confirmadas e 58,3 quilómetros quadrados de áreas suspeitas perigosas. O relatório é da responsabilidade da organização não governamental Campanha Internacional para a abolição de Minas (ICBL, na sigla em inglês), uma rede global com presença em 100 países que tem como objetivo erradicar minas antipessoais e explosivos remanescentes de guerra. Criada em 1992, recebeu em 1997 o Prémio Nobel da Paz pelo reconhecimento do seu esforço para colocar em prática um tratado internacional para banir as minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *