Ciclo de colóquios anuais dedicados à exploração da presença do mar no imaginário religioso está prestes a arrancar na capital portuguesa
Ciclo de colóquios anuais dedicados à exploração da presença do mar no imaginário religioso está prestes a arrancar na capital portuguesaO imaginário religioso do mar vai orientar um encontro na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, de 26 a 28 de novembro. No decorrer do colóquio, diversos peritos vão refletir as diferentes reações no imaginário do ser humano causadas por esta grande massa de água, que foi lugar de medos e mitos e espaço de aventura e riqueza onde o ser humano sempre pediu a intercessão divina, fosse para enfrentar os seus perigos, fosse para alcançar os seus sonhos. Invocava divindades.

O tema em debate, assim como as intervenções dos especialistas aguardadas, materializam as Jornadas Internacionais “O mar no imaginário religioso: cultos, espaços, representações”. a iniciativa será também uma oportunidade para explorar a presença do mar no imaginário religioso, numa perspetiva diacrónica e multidisciplinar, explicam os organizadores.

as jornadas são organizadas pelo Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (IEM), o Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa (CEHR), o Centro de Humanidades da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade dos açores (CHaM) e o Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (IHC).

Tendo e consideração que a relação do mar com a religião representa um campo de estudo rico e promissor, mas ainda pouco explorado, o Instituto de Estudos Medievais, o CHaM, o IHC, o IELT e o Centro de Estudos de História Religiosa da UCP, no âmbito da Cátedra UNESCO O Património Cultural dos Oceanos, dão assim início a um ciclo de colóquios anuais dedicados a este tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *