Uma delegação de quatro bispos colombianos deslocou-se este fim-de-semana a Havana, Cuba, para o reinício das conversações de paz entre o Exército de Libertação Nacional e o governo.
Uma delegação de quatro bispos colombianos deslocou-se este fim-de-semana a Havana, Cuba, para o reinício das conversações de paz entre o Exército de Libertação Nacional e o governo. O bispo de Barrancabermeja, Jaime Prieto, foi acompanhado por Leonardo Gómez Serna, bispo de Sosón, Ricardo Tobón, bispo de Magangué, Enrique Prado Bolaí±os, bispo de Pasto e pelo padre Dario Echeverry.
“Esta segunda ronda de conversações, meticulosamente preparada pelo Exército de Libertação Nacional (ELN) e pela sociedade civil, pode preparar o caminho para uma agenda de negociação mais concreta e operativa”, afirmou monsenhor Prieto antes de partir, acrescentando: “é uma oportunidade para a paz que não podemos perder”.
O primeiro encontro entre ambas as partes aconteceu a meados de Dezembro, onde concordaram continuar o diálogo com vista à preparação de uma negociação formal com o envolvimento da Espanha, Suiça e Noruega.
O governo já está envolvido num difícil processo de paz com os paramilitares das aUC (autodefesas Unidas da Colômbia). a possibilidade de uma negociação com as FaRC (Forças armadas Revolucionárias da Colômbia), principal grupo guerrilheiro activo há mais de 40 anos, parece ainda remota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *