Em outubro, os militares da GNR regressam ao terreno para atualizar os registos da população idosa que vive sozinha ou isolada. Operação decorre em todo o país
Em outubro, os militares da GNR regressam ao terreno para atualizar os registos da população idosa que vive sozinha ou isolada. Operação decorre em todo o país a Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou esta sexta-feira, 28 de setembro, que vai estar no terreno a identificar a população idosa que vive sozinha ou isolada, durante o mês de outubro. a operação Censos Sénior 2018 abrange todo o território nacional e visa não só atualizar os registos das edições anteriores, mas também a identificar novos casos. O ano passado, os militares sinalizaram 45. 516 idosos, 28. 279 dos quais viviam sozinhos, 5. 124 isolados e 3. 523 residiam sozinhos e isolados. Foram ainda detetados 8. 592 idosos que se encontravam em situação de vulnerabilidade devido a limitações físicas e psicológicas. No âmbito desta recolha de dados, vão ser promovidas ações de sensibilização para que esta população adote comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco de se tornarem vítimas de crimes, nomeadamente de burlas, contos do vigário ou furtos. as patrulhas vão ainda aproveitar para divulgar os programas apoio 65 – Idosos em Segurança e Residência Segura, que permitem recolher os elementos necessários para a elaboração do mapa da região, com a localização georreferenciada de todas as residências aderentes ao projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *