Organismo tem como missão coordenar a implementação do Pacto Global para a Migração, assinado em dezembro. Documento será ratificado pelos Estados-membros em Marrocos
Organismo tem como missão coordenar a implementação do Pacto Global para a Migração, assinado em dezembro. Documento será ratificado pelos Estados-membros em Marrocos a necessidade de promover um consenso na comunidade internacional sobre a mobilidade humana levou as Nações Unidas a criarem uma nova estrutura para coordenar a implementação do Pacto Global para a Migração. O novo organismo foi anunciado esta semana pelo secretário-geral da organização, num encontro de alto nível dedicado às migrações. É preciso lidar com as legítimas preocupações dos países de acolhimento e de potenciar os benefícios da migração, afirmou antónio Guterres, explicando que o Pacto Global está a ser negociado com o objetivo de definir uma abordagem que pretende beneficiar os migrantes, as pessoas que estes deixam para trás e as comunidades que os acolhem. O acordo deverá ser ratificado daqui a 10 semanas, em Marrocos, terá implicações para todo o sistema da ONU, por isso, será criada Rede para a Migração, que será trabalhará em conjunto com a Organização Internacional para as Migrações (OIM). a nova estrutura fornecerá apoio em todos os aspetos da mobilidade humana, desde o desenvolvimento económico até à segurança, à proteção dos direitos humanos e à igualdade de género, explicou Guterres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *