Diocese constituiu uma comissão para preparar a criação da Fundação Manuel da Silva Martins, instituição que visa preservar a memória daquele que foi o primeiro bispo de Setúbal
Diocese constituiu uma comissão para preparar a criação da Fundação Manuel da Silva Martins, instituição que visa preservar a memória daquele que foi o primeiro bispo de Setúbal O atual bispo de Setúbal, José Ornelas, anunciou esta semana a constituição de uma comissão preparatória para a criação da Fundação Manuel da Silva Martins, que terá como principal objetivo preservar, cuidar e desenvolver a memória do primeiro bispo da diocese, falecido a 24 de setembro de 2017. Na Eucaristia de Memória e Sufrágio pelo antigo bispo sadino, o prelado realçou que o seu antecessor se destacou pela promoção dos valores humanos e cristãos a pela defesa dos mais carenciados e sem voz, através de um diálogo coerente e corajoso com a sociedade, em ordem à criação de uma cultura de justiça e de paz. José Ornelas adiantou ainda que a Fundação Manuel da Silva Martins espera fazer jus à memória de Manuel Martins, continuando a sua obra de dignidade e de justiça, como caminhos para a paz e sinal da presença dos valores do Evangelho, sobretudo em relação aos mais necessitados. Presidida pelo padre Casimiro Henriques, a nova comissão tem um ano para concluir o seu trabalho e conta com outros membros, como o padre Carlos Silva e o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *