O encontro vai debruçar-se sobre os processos de descolonização e anticolonialismo, contando com o contributo de vários peritos no tema
O encontro vai debruçar-se sobre os processos de descolonização e anticolonialismo, contando com o contributo de vários peritos no temaO 45. º aniversário da independência da Guiné-Bissau, comemorado a 24 de setembro, vai ser assinalado no país africano com um colóquio internacional, dedicado às memórias e aos legados das lutas de libertação. O encontro arrancará na próxima quinta-feira, 27 de setembro, prolongando-se até ao sábado seguinte, dia 29.

No decorrer do evento, serão vários os especialistas a intervir, que irão abordar temáticas como o anticolonialismo, descolonização e transição para a independência. além disso, serão também destacados os espaços simbólicos da luta de libertação em memoriais, monumentos e museus. Também em foco vão estar os diferentes atores da libertação nacional.

O colóquio internacional terá lugar em dois espaços de Bissau: o Centro Cultural Português e o Hotel azalai. a iniciativa é organizada pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, o Centro de Estudos Sociais amílcar Cabral (CESaC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *