Sistema de transferência de dados vai permitir às beneficiárias o acesso direto aos fundos que têm disponíveis, podendo usá-los para pagar nos supermercados parceiros do projeto
Sistema de transferência de dados vai permitir às beneficiárias o acesso direto aos fundos que têm disponíveis, podendo usá-los para pagar nos supermercados parceiros do projeto a nova tecnologia blockchain, que permite transferir dados em segurança, vai ser usada pela ONU Mulheres e pelo Programa alimentar Mundial (PaM) para apoiar as refugiadas sírias que vivem em acampamentos na Jordânia. Em vez de terem de esperar pelas verbas mensais em dinheiro, normalmente recebidas através de um banco, as beneficiárias terão acesso direto aos fundos, em contas que serão mantidas de forma segura na rede. através deste programa, as agências da ONU estão também a estudar a possibilidade das mulheres terem acesso ao dinheiro diretamente nos supermercados parceiros do Programa Mundial de alimentos, ou de pagarem pelo que comprarem diretamente. Para a diretora executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ncuka, a ideia do projeto é acelerar o progresso em direção ao empoderamento económico das mulheres em larga escala, pois as mulheres deslocadas e em situação de crise tendem a ter conhecimentos tecnológicos mais baixos que os homens, e com frequência não têm acesso à tecnologia que é tão crucial nos dias de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *