Instituições católicas portuguesas apoiam construção de maternidade-escola em Dí­li. Projecto deverá estar concluí­do no final de 2006.
Instituições católicas portuguesas apoiam construção de maternidade-escola em Dí­li. Projecto deverá estar concluí­do no final de 2006. Instituições católicas portuguesas estão a ajudar a construir uma maternidade-escola em Dí­li, um propósito que contou com o envolvimento pessoal do falecido papa João Paulo II. O projecto que deverá estar concluí­do no final do ano, começou a ser construído em agosto de 2005 em terrenos doados pela diocese de Dí­li e custará 1,5 milhões de euros.
a maternidade-escola será entregue à Congregação das Carmelitas, que tem actualmente duas religiosas a beneficiar de um estágio, de cerca de seis meses, em obstetrí­cia e técnicas de esterilização. Esta iniciativa visa não só a construção e arranque da unidade bem como formação de recursos de forma a, no futuro, a gestão e funcionamento ser de autonomia timorense.
a concretização deste projecto, que prevê a prazo a construção de uma segunda maternidade-escola em Baucau, partiu da Fundação Mater Timor, de que são fundadores o Patriarcado de Lisboa, a Conferência Episcopal Portuguesa, as Dioceses de Dí­li e de Baucau, o Santuário de Fátima, a associação de Médicos Católicos Portugueses, a Federação Internacional das associações de Médicos Católicos e a Rádio Renascença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *