agências das Nações Unidas conseguiram entrar com material de apoio na região de Baggari, no Sudão do Sul. População estava isolada e em situação de extrema necessidade
agências das Nações Unidas conseguiram entrar com material de apoio na região de Baggari, no Sudão do Sul. População estava isolada e em situação de extrema necessidade Um comboio humanitário de várias agências das Nações Unidas chegou esta semana à região de Baggari, no Sudão do Sul, para prestar assistência a cerca de 28 mil pessoas que estavam sem apoio desde junho passado, devido aos combates que tinham levado ao corte dos acessos. a coluna é constituída por 14 camiões carregados de alimentos, medicamentos e produtos básicos, que começam a ser distribuídos nos próximos dias pelas pessoas em situação de maior vulnerabilidade. a entrada das equipas só foi possível após longas negociações. O diretor do Programa alimentar Mundial (PaM) no Sudão do Sul, Simon Cammelbeeck, agradeceu o apoio das autoridades estaduais e locais e renovou o apelo para que todas as partes do conflito forneçam acesso total e desimpedido a todas as pessoas afetadas no país. a ação está integrada no programa Mecanismo Integrado de Resposta Rápida, que resulta de uma parceria entre o PaM, Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Organização da ONU para a alimentação e agricultura (FaO), e procura resolver lacunas críticas na entrega de ajuda humanitária. Primeiro, um grupo de especialistas tenta conseguir acesso a áreas restritas, para abrir caminho à distribuição de alimentos a um grande número de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *