Jovens voluntários vão contribuir para o desenvolvimento e promoção social em Portugal e além-fronteiras
Jovens voluntários vão contribuir para o desenvolvimento e promoção social em Portugal e além-fronteirasTreze voluntários preparam-se para partir para angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe e também para se deslocar em solo nacional. Entre os missionários, com idades compreendidas entre os 21 e os 32 anos, dez ficarão em missão ao longo de um ano, e três durante dois. a partida dos voluntários será assinalada com uma Missa de Envio, no próximo domingo, 9 de setembro, na igreja do Colégio São João de Brito, em Lisboa, a partir das 13h00.
ao longo dos próximos meses, os jovens vão atuar nas áreas da formação e educação, dinamização e organização comunitária, empreendedorismo e empregabilidade, capacitação de agentes locais, promoção do voluntariado e pastoral. [Partir em missão] é sair de si para ir ao encontro dos outros, é ter a disponibilidade interior e temporal para estar inteiro e entregue aos projetos, às pessoas da comunidade local É confiar e pôr-se ao serviço em nome de Deus, refere o casal Susana e Paulo, que partirão para a Roça de Porto alegre, no sul de São Tomé e Príncipe.
a experiência missionária acontece após um período de formação de um ano. Os 13 voluntários partem através dos Leigos para o Desenvolvimento (LD), uma organização não-governamental com 32 anos, que exerce a sua atividade em prol do desenvolvimento integral e integrado em países de expressão portuguesa, conforme explicam os próprios, em comunicado. a organização já levou mais de 400 voluntários em missão, que, através da sua entrega aos projetos da organização, beneficiaram, anualmente, cerca de 50 mil pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *