Estudantes e formadores da Ordem dos Carmelitas Descalços estão em Fátima para refletirem sobre o futuro da ordem no continente europeu, mas também para viverem momentos de oração, formação e convívio
Estudantes e formadores da Ordem dos Carmelitas Descalços estão em Fátima para refletirem sobre o futuro da ordem no continente europeu, mas também para viverem momentos de oração, formação e convívioO Encontro Europeu de Estudantes Carmelitas, realizado a cada três anos, arranca em Fátima esta segunda-feira, 20 de agosto, prolongando-se até ao próximo sábado, 25, com a participação de 85 pessoas. a iniciativa reúne todos os estudantes e seus formadores da Ordem dos Carmelitas Descalços (OCD).
O programa do encontro foi traçado pela Conferência Europeia de Provinciais OCD, e conta com momentos de oração, reflexão, convívio e uma visita ao antigo deserto dos Carmelitas Descalços em Portugal, a atual Mata Nacional do Buçaco. ao longo da semana será abordada a Mensagem de Fátima, a espiritualidade dos três pastorinhos, assim como a vida e obra de santos carmelitas e o futuro da OCD na Europa.
Entre os conferencistas encontram-se Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, ângela Coelho, vice-postuladora da causa de canonização da irmã Lúcia de Jesus, Miguel Marquez, provincial da província espanhola de Santa Teresa, e Savério Cannistrà, padre geral da OCD.
O programa do encontro foi também delineado com o objetivo de levar os participantes a conhecerem-se melhor e a refletirem juntos o presente e o futuro da sua presença neste continente, informam os serviços de comunicação da congregação religiosa. a iniciativa tem lugar na Casa Domus Carmeli, uma escolha que se prende com o desejo destes jovens carmelitas conhecerem melhor a Mensagem de Fátima e aprofundar o cunho mariano do Carmelo Teresiano que tem como Mãe e padroeira Nossa Senhora do Carmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *