a semana das migrações sensibiliza os fiéis para a importância e necessidade de apoiar os migrantes, e conta com missas em ação de graças por estas populações, que procuram melhores condições de vida
a semana das migrações sensibiliza os fiéis para a importância e necessidade de apoiar os migrantes, e conta com missas em ação de graças por estas populações, que procuram melhores condições de vidaas comunidades cristãs deverão ser especialmente sensibilizadas para a presença de tantos estrangeiros em Portugal, no decorrer da 46a. Semana Nacional de Migrações, que vai realizar-se entre os próximos dias 12 e 19 de agosto. Este ano, a jornada vai decorrer sob o tema Cada forasteiro é ocasião de encontro – Migrantes e refugiados no caminho de Cristo, por proposta da Comissão Episcopal da Mobilidade Humana.
Os promotores da iniciativa relembram que os estrangeiros, independentemente da sua religião, precisam, esperam e têm direito, a ser acolhidos fraternalmente, como parte da grande família humana. a Semana Nacional de Migrações conta com a realização de diversas iniciativas, como a Jornada da Solidariedade com os Migrantes e Refugiados, a 19 de agosto, que convida as paróquias a celebrar a Eucaristia em ação de graças pelos migrantes e pelo trabalho pastoral que a Igreja desenvolve em favor deles.
O ofertório das celebrações deverá ser consignado à Pastoral da Mobilidade Humana, para apoiar toda as ações que são desenvolvidas em prol dos migrantes. a Semana de Migrações ficará ainda marcada pela realização da Peregrinação Nacional do Migrante e do Refugiado a Fátima, dias 12 e 13 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *