Organismo, proposto pela Rússia, vai coordenar o regresso dos milhões de sírios que estão no estrangeiro. Uma das primeiras medidas passa pelo contacto com os países de acolhimento para facilitar o repatriamento
Organismo, proposto pela Rússia, vai coordenar o regresso dos milhões de sírios que estão no estrangeiro. Uma das primeiras medidas passa pelo contacto com os países de acolhimento para facilitar o repatriamentoas autoridades sírias estão a preparar a criação de um comité governamental para organizar e coordenar o regresso ao país dos mais de cinco milhões de refugiados que fugiram da guerra e da violência, informou o governo, através de um comunicado divulgado pela agência oficial de notícias da Síria. a iniciativa, proposta pela Rússia, aliada do regime de Basharal-assad, servirá para promover o retorno dos deslocados no exterior e estará incumbida de intensificar os contactos com os países amigos, com o objetivo de facilitar o retorno dos refugiados sírios, refere o documento. No mês passado, a Rússia pediu à comunidade internacional para ajudar os refugiados a voltarem para a Síria, apesar do conflito não ter chegado ao fim. O comité será presidido pelo ministro da administração Local e do Meio ambiente, HusseinMajluf, e contará com representantes de vários ministérios e de outros órgãos estatais, indicou o governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *