Novo responsável pela biblioteca mais antiga do mundo, no Vaticano, vai ser ordenado arcebispo numa celebração presidida pelo cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente
Novo responsável pela biblioteca mais antiga do mundo, no Vaticano, vai ser ordenado arcebispo numa celebração presidida pelo cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente O padre José Tolentino Mendonça, escolhido pelo Para Francisco para arquivista do arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca apostólica, vai ser ordenado arcebispo este sábado, 28 de julho, no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa. a celebração será presidida pelo cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, e terá como bispos co-ordenantes o cardeal antónio Marto, bispo de Leiria-Fátima, e Teodoro de Faria, bispo emérito do Funchal. Natural de Machico, Madeira, Tolentino Mendonça foi ordenado sacerdote aos 24 anos. No ano em que foi ordenado padre, editou o primeiro livro de poesia – Os dias contados -, a que se seguiram muitos outros, não só de poesia, mas também de ensaios e textos pastorais e até teatro. Entre os vários prémios que recebeu, destacam-se a Ordem do Infante Dom Henrique, em 2001, e a Ordem de Sant”Iago de Espada, em 2015. Doutorado em Teologia Bíblica, antigo vice-reitor da Universidade Católica e diretor da respetiva Faculdade de Teologia, consultor do Conselho Pontifício da Cultura, reitor do Pontifício Colégio Português em Roma, diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura da Igreja Católica em Portugal, o futuro arcebispo é considerado um vulto maior da cultura contemporânea. Para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a sua nomeação para dirigir a mais antiga biblioteca do mundo é um ato que engrandece o nome de Portugal. O Chefe de Estado confessa-se um admirador do sacerdote, mas assegura que não está sozinho: [Ele] é admirado pelos portugueses, tendo alcançado um lugar cimeiro em Portugal e no seio da intelectualidade católica de todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *