Universidade Católica Portuguesa (UCP) é pouco apoiada pelo estado português quando comparada com outras suas congéneres. a crí­tica do reitor no Dia da UCP.
Universidade Católica Portuguesa (UCP) é pouco apoiada pelo estado português quando comparada com outras suas congéneres. a crí­tica do reitor no Dia da UCP. Portugal é o país da Europa que menos apoia a Universidade Católica, afirmou o reitor da Universidade Católica Manuel Braga da Cruz durante a sessão solene do Dia da Universidade Católica.
Braga da Cruz salientou exemplos de outros países europeus onde as universidades católicas “são integralmente financiadas pelos dinheiros públicos, tal como as universidades estatais”.
João Carlos Espada, director do Instituto de Estudos políticos, recordou as consequências dos totalitarismos e das várias intolerâncias que marcaram a história do século XX. ” a liberdade e a tolerância não nasceram do combate contra a religião, muito menos contra o Cristianismo. a liberdade e a tolerância nasceram da convicção judaico-cristã que existe uma lei moral mais alta”, referiu na “Oração da Sapiência”.
O cardeal patriarca de Lisboa considerou que a batalha cultural nunca está ganha. ” a cultura é uma batalha que não está ganha, nunca está ganha, mas é uma batalha que, conscientemente, nenhum de nós pode aceitar perder, porque, mais do que nunca, os grandes problemas do presente e do futuro das nossas sociedades têm soluções políticas, técnicas e económicas, mas nenhuma delas é verdadeiramente humana e definitiva se não se enquadrarem na única, que é a solução cultural”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *