a formação foi desenhada com vista à promoção de uma «análise crí­tica das políticas públicas para a integração e o combate à discriminação»
a formação foi desenhada com vista à promoção de uma «análise crí­tica das políticas públicas para a integração e o combate à discriminação» a quarta edição da escola de verão Racismo, eurocentrismo e lutas políticas vai realizar-se entre os próximos dias 3 e 8 de setembro, na sala dois do Centro de Estudos Sociais (CES) em Coimbra. a formação irá abrodar debates e lutas contemporâneos sobre racismo e eurocentrismo, ao nível da produção de conhecimento, políticas públicas e iniciativas dos movimentos de base.

a escola de verão será uma oportunidade para debater a produção eurocêntrica de conhecimento no âmbito da história do colonialismo, da escravatura e do racismo, para a apresentação de casos de investigação em diferentes contextos internacionais e com diferentes abordagens disciplinares e para fomentar uma análise crítica das políticas públicas para a integração e o combate à discriminação.

a iniciativa é especialmente destinada a estudantes de pós-graduação em ciências sociais e humanas, ativistas políticos e membros de organizações não governamentais na área de anti-racismo e direitos humanos, bem como professores das áreas de Sociologia, História, Geografia e profissionais da comunicação social. as inscrições decorrem até ao próximo dia 31 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *