Cáritas e autarquia na entrega das chaves a cinco famílias do concelho de Pombal.
Cáritas e autarquia na entrega das chaves a cinco famílias do concelho de Pombal. ” a agilização de procedimentos por parte das Câmaras e a boa vontade de todos são um bom sinal de que, em conjunto, podemos resolver muitas dificuldades, não apenas na presente crise dos incêndios, mas criando também dinâmicas permanentes”. as palavras são de Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa, e foram proferidas após a entrega das chaves de casas novas a cinco famílias vítimas dos incêndios, na Ilha, Carnide e albergaria dos Doze, do concelho de Pombal.
Uma prenda de Natal da Cáritas e da Câmara de Pombal para cinco famílias que, na antevéspera do Natal, não esconderam a emoção de voltarem a possuir um novo lar, depois da angústia e do desespero vividos no mês de agosto.
“Não houve burocracia, mas acção e solidariedade” disse Eugénio Fonseca, em sintonia com Narciso Mota, presidente da Câmara de Pombal, que salientou que “a Cáritas não ficou pelas retóricas, mas veio com acção e factos concretos”. Um e outro, como ascenso Simões, secretário de Estado da administração Interna, e Carlos Jorge, presidente da Cáritas de Leiria, expressaram a mútua congratulação pelo trabalho já realizado e sublinharam o Espírito de colaboração e o trabalho em parceria, que estão na base dos resultados conseguidos.
O secretário de Estado enalteceu ainda o Espírito de missão que caracteriza este projecto, referiu-se a Pombal como “um bom exemplo de como somos grandes nos momentos difíceis” e agradeceu “a acção relevantí­ssima da Cáritas”.
Na cerimónia estiveram também presentes o vigário-geral da Diocese de Leiria-Fátima, Dr. Jorge Manuel Faria Guarda, que procedeu à benção das novas habitações, o governador civil de Leiria, José Miguel Medeiros, os párocos de Carnide e albergaria dos Doze, representantes da Cáritas de Leiria e de Coimbra e da Cáritas Paroquial de Carnide.
as cinco casas entregues foram as primeiras dum lote de 15 habitações que estão a ser erguidas pela Cáritas só na diocese de Leiria-Fátima. Espera-se que durante o mês de Janeiro possam ser entregues mais duas na freguesia de Carnide, estando outras em processo de adjudicação das empreitadas ou elaboração dos projectos.
a construção das habitações resulta de um protocolo estabelecido entre a Cáritas e a Câmara Municipal, cabendo a esta a elaboração dos projectos e acompanhamento técnico, e assumindo a Cáritas o pagamento total do custo das habitações.
“Isto é um milagre”, “isto é uma dádiva de Deus” são expressões que brotaram espontâneas e agradecidas, no Vale Cinzeiro, nas Casas de Baixo, na Ilha e albergaria na manhã soalheira de 23 de Dezembro passado. O milagre de cinco moradias entregues quatro meses após a tragédia, e muitas outras que se seguirão por várias zonas do país, veio do esforço dedicado de muitas entidades, sobretudo Critas e Câmara de Pombal. Mas foram, sobretudo, as muitas mãos que se abriram na imensa solidariedade de milhares de portugueses, em torno da campanha da Cáritas, que fizeram o milagre acontecer. Veio deles cada tijolo e cada parcela das novas habitações.
a Cáritas deseja, nesta ocasião, partilhar com eles as alegrias que resultam do seu esforço e da sua participação, seja em tempo de calamidades como esta, seja nas necessidades quotidianas de muitos. Por isso, a todos a Cáritas saúda com consideração e amizade, desejando um ano Novo feliz e abençoado.

Cáritas Diocesana de Leiria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *