a Espanha disse ao presidente-eleito boliviano Evo Morales que vai perdoar uma grande parte da dívida deste país com Madrid.
a Espanha disse ao presidente-eleito boliviano Evo Morales que vai perdoar uma grande parte da dívida deste país com Madrid. Segundo as autoridades espanholas, Morales concordou que 99 milhões de euros da dívida externa seriam investidos em programas educacionais na Bolívia. a Espanha também prometeu ajuda para o sector agrí­cola.
Morales disse que a Bolívia precisa de parceiros de negócios estrangeiros, mas estes não vão ser “donos dos nossos recursos naturais”.
Na sua visita à Espanha o recém-eleito presidente boliviano encontrou-se com o rei espanhol Juan Carlos, o primeiro-ministro Jose Luís Rodriguez Zapatero e outros oficiais do governo. Morales também falou com um número de personalidades do mundo dos negócios, incluindo o gerente do gigante Repsol.
Em resposta à proposta de investir parte da dívida em programas de educação, Evo Morales disse: “é um grande alí­vio para mim. Queremos pôr termo à taxa de analfabetismo do nosso país”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *