Reflectir sobre a castidade como dom de Deus e meditar e rezar as aparições do anjo em Fátima é a proposta para 2006.
Reflectir sobre a castidade como dom de Deus e meditar e rezar as aparições do anjo em Fátima é a proposta para 2006.
“Mais amor e menos sexo”, foi esta a tese defendida pelo reitor do Santuário de Fátima, Luciano Guerra, a propósito do tema anual para 2006: “Guardar castidade”, durante a apresentação do tema aos jornalistas.
Este ” juntamente com o nono, é possivelmente aquele em que os progressos do ser humano têm sido mais lentos”, salientou o reitor do Santuário de Fátima, Luciano Guerra, num artigo escrito na Voz da Fátima.
Desde 2001que o Santuário decidiu iniciar “uma longa reflexão, de dez anos, acerca dos Mandamentos da Lei de Deus”.
Em 2006, o ano do sexto mandamento: “Não cometerás adultério” ,será transmitido aos fiéis um pensamento que visa guardar castidade. Visa ainda permitir uma “reflexão sobre o uso da sexualidade”.
O reitor do Santuário assinalou ainda que o tema “da homossexualidade será tratado” e que tal dependerá de “cada um dos pregadores”. No entanto – frisou este responsável ” interessa “tratar os problemas com seriedade, à luz de Deus mas também com misericórdia”.
Em 2006, nas páginas do Voz da Fátima ” vamos reflectir sobre a castidade como dom de Deus e meditar e rezar as aparições do anjo em Fátima”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *