Estudantes de Moçambique vão encontrar brevemente nas bibliotecas das escolas que frequentam livros de mais de 500 autores, doados pelo Brasil
Estudantes de Moçambique vão encontrar brevemente nas bibliotecas das escolas que frequentam livros de mais de 500 autores, doados pelo BrasilO governo brasileiro ofereceu 1. 200 livros e outros conteúdos às bibliotecas de escolas primárias e secundárias de Moçambique. a doação tem um grande significado para as nossas crianças, referiu Conceita Sortane, ministra da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique, durante a cerimónia de entrega do donativo, que ocorreu em Maputo no início desta semana.
a oferta reúne mais de 500 autores e é variada, passando pela literatura infanto-juvenil, poesia e obras diádicas. além de garantir o apoio aos acervos das bibliotecas, a doação é uma grande ajuda para a ambição do governo de incentivar o gosto pela leitura nas crianças, condição indispensável para sua rápida e necessária evolução, realçou Conceita Sortane, citada pela agência Lusa.