«anuncio-vos uma grande alegria: hoje nasceu para vós o Salvador, que é Cristo Senhor». Leia Lucas 2, 10 e seguintes.
«anuncio-vos uma grande alegria: hoje nasceu para vós o Salvador, que é Cristo Senhor». Leia Lucas 2, 10 e seguintes. O Natal é o grande acontecimento que marcou e dá sentido a toda a história humana, à vida de cada pessoa e envolve tudo o que foi criado: céu, terra, anjos, santos e pecadores. Todos são convidados a seguir os pastores até à gruta de Belém onde nasceu o Menino, o Deus que se apresenta frágil e meigo como qualquer criança deste mundo.
Ele é o Emanuel, o Deus connosco que nos dirá: «Não tenhais medo: Eu estarei sempre convosco».
No rosto de Jesus-menino o filho de Maria, resplandece o rosto do Pai, não apenas porque Ele o gerou, mas também porque todo o ser humano foi criado à sua imagem e semelhança de Deus. Por tudo isto se compreende que é grande a alegria do Natal e que é forte o apelo que nos é dirigido para que respeitemos a vida e a dignidade de cada ser humano. Deturpá-lo seria ofender o próprio Deus; defendê-lo, cuidar dele e fazê-lo crescer será a maior honra que podemos oferecer a Deus.
a nós, cristãos, a quem foi concedida a graça de conhecer a bondade e o amor de Deus para com a humanidade, é-nos pedido: «anunciai dia após dia entre todos os povos a salvação de Deus e entre todas as nações a sua glória».
O dom do Natal deve chegar a todos, em todo o tempo e lugar, de modo que se possa dizer com verdade: «Todos os confins da terra viram a salvação do nosso Deus».
Em Belém, os pastores foram os primeiros a anunciar a glória de Deus. Depois que a viram reflectida no rosto do Menino recém-nascido regressaram às suas ocupações «glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido».
Isto é o que deve acontecer com todos aqueles que encontram de verdade, o Senhor. Se, com a nossa vida dermos testemunho do amor de Deus, sobretudo junto dos mais necessitados, dos fracos e dos indefesos, seremos mais facilmente reconhecidos como verdadeiros discípulos de Cristo e o nosso anúncio será mais facilmente entendido por todos como uma boa notícia que será de grande alegria para todo o género humano.
De: Gottardo Pasqualetti, traduzido e adpatado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *