líderes de 57 países muçulmanos deram por terminado o seu encontro advertindo que o mundo islâmico está em crise devido ao terrorismo mundial.
líderes de 57 países muçulmanos deram por terminado o seu encontro advertindo que o mundo islâmico está em crise devido ao terrorismo mundial.

a declaração da Organização da Conferência Islâmica (OCI) pede acção urgente para lutar contra as ideias desviantes. O encontro na cidade santa muçulmana de Meca, na arábia Saudita, apelou a mudanças nas leis nacionais para criminalizar o financiamento e incitamento ao terrorismo.
a convenção também pediu novos currículos escolares para as escolas muçulmanas, só deste modo se podem purificar as ideias extremistas. Também foi declarado que as fatwas, editais religiosos islâmicos, só podem ser pronunciados por especialistas em lei religiosa que tenham sido autorizados. O Islão não tem uma estrutura central e não há unanimidade sobre quem pode emitir uma fatwa. alguns académicos islâmicos queixam-se de que demasiadas pessoas se sentem qualificadas para emitir estes editais que visam clarificr e aplicr a lei islâmica.
analistas internacionais dizem ter dúvidas sobre a possibilidade da organização poder atingir os objectivos traçados. Segundo eles, a maior parte destes encontros acaba por reduzir-se a pura retórica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *