através das palavras e gestos, os cristãos têm a obrigação de provar que a Igreja querida por Deus pode ser vivida no dia-a-dia. Inês GonçAlves Pereira mostrou que o caminho de Deus é o certo.
através das palavras e gestos, os cristãos têm a obrigação de provar que a Igreja querida por Deus pode ser vivida no dia-a-dia. Inês GonçAlves Pereira mostrou que o caminho de Deus é o certo. Os cristãos têm o dom e a tarefa de realizar o projecto de Deus no dia-a-dia. Na sessão da tarde, dos trabalhos do III Congresso da Família Missionária da Consolata, Inês GonçAlves Pereira salientou as responsabilidades de ser cristão hoje.
Ser cristão numa Igreja que é pecadora, mas santa, a docente da universidade Católica defendeu ainda que é querida por Deus.
Os cristãos têm então a tarefa de fazer com que a Igreja seja o que ele (Deus) quer que ela seja. Ou seja, os cristãos têm de mostrar que são diferentes Como?
Na solidariedade, na capacidade de ouvir outros, no compromisso com os outros, defendeu.
Uma tarefa grande demais que só com Deus e Nossa Senhora do nosso lado posso dizer sim, sou Igreja; sim sou cristão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *