Qual a identidade de um cristão de hoje? Perante mais de 250 congressistas, o professor alfredo Teixeira traçou o retrato da identidade crente
Qual a identidade de um cristão de hoje? Perante mais de 250 congressistas, o professor alfredo Teixeira traçou o retrato da identidade crenteEm contexto urbano, a identidade e o sentimento de pertença são diferentes. Já não há a estabilidade e identidade que havia há alguns anos atrás, afirmou o professor alfredo Teixeira, durante os trabalhos da manhã, do III Congresso da Família Missionária da Consolata sobre o tema Missão para os dias de hoje que decorre até amanhã, em Fátima.
O desafio que se impõe, hoje, é de encontrar qualquer coisa que permita gerir esta pertença comunitária tendo em conta a multiplicidade da oferta cultural existente.
ao contrário de há alguns anos atrás, verifica-se o fim da civilização paroquial tendo o cristão optado por soluções à sua medida.
assim é frequente encontrar uma pessoa que pertença a um grupo de oração numa paróquia, que viva noutra onde é catequista e, ao fim de semana, participar na eucaristia, numa outra paróquia.
a mobilidade, a par da individualização, do pluralismo da oferta e da terciarização da cultura são os quatro aspectos apontados pelo professor, desta sociedade em mudança, desenraizada, muitas vezes.
O futuro levanta, também ele, sérios problemas. O professor alerta para o facto dos jovens de hoje, adultos amanhã, serem reflexo desta sociedade em mutação constante. as famílias de dupla tutela (pais divorciados) obrigam a regimes de sociabilidade muito distintos. Isso significa que pode haver mais dificuldade em definir a própria identidade enquanto crente bem como o sentimento de pertença, em contexto urbano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *