Joaquim Franco e Pedro Góis, da SIC, viveram de perto com os missionários da Consolata entre os Índios Yanomami e dos Índios da Raposa Serra do Sol. Veja no telejornal da noite, de 29 de Outubro.
Joaquim Franco e Pedro Góis, da SIC, viveram de perto com os missionários da Consolata entre os Índios Yanomami e dos Índios da Raposa Serra do Sol. Veja no telejornal da noite, de 29 de Outubro. Vivem na selva profunda. Mantêm tradições e costumes ancestrais, mas a cultura ocidental está cada vez mais perto. a preservação de um dos povos indígenas mais emblemáticos das américas é o mote da Grande Reportagem SIC/Expresso, desta semana. Uma equipa de reportagem da SIC foi ao coração da amazónia e viveu de perto a experiência de missionários que permanecem junto dos índios Yanomami.
Os missionários ensinam matemática e língua portuguesa mas, há 40 anos na selva, ainda não baptizaram um único índio. assumem, como prioridade, a sobrevivência da tribo, ameaçada pelos interesses económicos que pairam sobre a amazónia. No deve e haver do choque cultural , garantem que aprendem mais do que ensinam.
a mesma congregação missionária foi obrigada, pelas circunstâncias, a ter uma intervenção política no norte do estado de Roraima. O presidente brasileiro homologou a Terra Indígena Raposa – Serra do Sol, contra a vontade de políticos e fazendeiros locais, e a violência contra os índios da tribo Macuxi provocou 21 mortos na última década, entre eles um padre.
Missão: sobreviver ao futuro retrata a luta dos índios do Brasil e o trabalho arriscado dos Missionários da Consolata , congregação católica, na defesa incondicional dos direitos do povo indígena.
Joaquim Franco, jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *