No aniversário da morte da Beata alexandrina de Balasar, arcebispo de Braga desafia cristãos a lutar contra o pecado
No aniversário da morte da Beata alexandrina de Balasar, arcebispo de Braga desafia cristãos a lutar contra o pecadoO arcebispo de Braga desafiou os cristão, na passada quinta-feira, dia 13 de Outubro, a reagirem ao pecado através da força que a fidelidade ao amor de Deus impõe. O apelo de Jorge Ortiga foi feito no decorrer da celebração eucarística a que presidiu para assinalar os 50 anos da morte da Beata alexandrina de Balazar.
Para o prelado bracarense, hoje, a fidelidade da relação dos cristãos com Deus é ameaçada e posta em causa por um mundo social que renega a realidade do pecado. Temos de ser cristãos seduzidos pelo amor a Cristo, não o trocando por prazeres, costumes e outras distracções do mundo. a Beata alexandrina foi também posta à prova e soube subsistir, disse.
Segundo o arcebispo Primaz, as pessoas estão a perder a consciência do pecado, vivendo num mundo onde tudo é permitido desde que satisfaça ou corresponda aos desejos. a sociedade, acrescentou, perdeu referências e vagueia ao sabor dos apetites.
assim, salientou D. Jorge Ortiga perante a assembleia que encheu a igreja, onde se encontrava um grupo de devotos vindo de Itália, é urgente que os cristãos lutem contra uma mentalidade de promiscuidade, que reajam sem medo de assumirem comportamentos diferentes, que resistam como testemunho de autenticidade e que fujam de ambientes propícios ao pecado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *