Estão já confirmadas duas mortes entre os imigrantes africanos que às centenas tentaram atravessar o arame farpado que protege a fronteira entre Marrocos e o enclave espanhol de Ceuta.
Estão já confirmadas duas mortes entre os imigrantes africanos que às centenas tentaram atravessar o arame farpado que protege a fronteira entre Marrocos e o enclave espanhol de Ceuta. Foi o terceiro assalto em três dias. Umas seis centenas de imigrantes equipados com escadas tentaram ultrapassar a fronteira, disse na rádio o mais importante oficial espanhol em Ceuta.
Segundo as autoridades as duas vítimas mortais caíram ou foram esmagados pelos companheiros em debandada, mas não deram mais pormenores. Outros meios de comunicação espanhóis falam de seis mortos mas esses números ainda não foram confirmados.
Umas três centenas de imigrantes conseguiram entrar em Ceuta e foram detidos pelas autoridades espanholas. a Espanha está agora no processo de reforçar a fronteira tentando deter a avalanche de imigrantes, muitos dos quais viajaram durante meses na esperança de conseguir entrar na Europa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *