Umas 30 mil pessoas juntaram-se numa marcha pela paz convocada na capital do Nepal, Katmandu, pedindo o fim da longa revolta maoí­sta. Grande manifestação que marcou o Dia Internacional da Paz.
Umas 30 mil pessoas juntaram-se numa marcha pela paz convocada na capital do Nepal, Katmandu, pedindo o fim da longa revolta maoí­sta. Grande manifestação que marcou o Dia Internacional da Paz. Os participantes da marcha pediramo imediato cesse de hostilidades. O governo está sob grande pressão a nível nacional e internacional para responder reciprocamente aos três meses de cessar-fogo que os rebeldes maoístas decretaram este mês.
Os dez anos de conflito já tiraram a vida a umas 12 mil pessoas.
Estudantes, jornalistas, advogados, activistas dos direitos humanos, professores e líderes de negócios compareceram em grande número. a marcha era contra as hostilidades em geral, mas espera-se que os protestos afectem mais o governo que os rebeldes. Os rebeldes já proclamaram um cessar-fogo de três meses, mas o governo ainda não respondeu.
as autoridades recusam aceitar a trégua, alegando que não se pode confiar nos rebeldes, uma clara referência a duas ocasiões no passado em que os rebeldes desrespeitaram o cessar-fogo e unilateralmente abandonaram os diálogos de paz.
Os rebeldes insistem num governo interino e uma assembleia constituinte para desenhar uma nova constituição, esperando deste modo preparar o caminho para substituir a monarquia por uma república.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *