Está em curso a preparação para o histórico desarmamento dos rebeldes da província indonésia de aceh, seguindo o acordo de paz assinado no passado mês.
Está em curso a preparação para o histórico desarmamento dos rebeldes da província indonésia de aceh, seguindo o acordo de paz assinado no passado mês. Os membros do Movimento para a Libertação de aceh (Gam) reuniram dúzias de armas de assalto para ser entregues na quinta-feira, 15 de Setembro. O governo deve retirar todas as forças enviadas para abafar a rebelião, até ao final do ano. a 14 de Setembro já abandonaram a zona 1. 300 polícias de elite. Só 14. 700 militares e 9. 100 polícias vão ficar.
Umas 15 mil pessoas perderam a vida nos mais de 29 anos de conflito em aceh.
Estou feliz, quanto mais depressa nos livrarmos das armas melhor, disse Irwandi Yusaf, porta-voz do Gam, à imprensa. Cerca de 210 armas do Gam – a quarta parte do total acordado – serão entregues aos observadores internacionais nos próximos dias, e as restantes até ao final do ano.
Em troca pela entrega das armas os rebeldes aceitaram representação política em vez da independência total, e os prisioneiros políticos foram libertados.
a atmosfera está mais descontraída em aceh, e os membros do Gam já começaram a abandonar os seus esconderijos nas montanhas e estão a regressar a casa.
Vários correspondentes internacionais advertem que a paz vai continuar vulnerável durante algum tempo. acordos de paz prévios falharam e no terreno a desconfianças entre ambas as partes é forte e profunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *