O congresso da associação Internacional de Juristas mostrou a sua grande preocupação para o crescente fosso entre países ricos e pobres. Foi apresentada a “Declaração de Xangai” que concluiu o encontro.
O congresso da associação Internacional de Juristas mostrou a sua grande preocupação para o crescente fosso entre países ricos e pobres. Foi apresentada a “Declaração de Xangai” que concluiu o encontro. O congresso expressou uma forte preocupação pelo cada vez maior golfo entre países pobres e ricos, causado pela corrente sistema económico internacional, o qual perpetua as disparidades existentes e a consequente pobreza, privação e doenças que presentemente sofre grande parte da humanidade, pode ler-se na declaração.
Mais de 1. 500 juristas de mais de 60 países e organizações internacionais participaram no 22º Congresso sobre a Lei no Mundo, que decorreu em Pequim e Xangai, de quatro a nove de Setembro.
acreditando que todos os países devem ter igual acesso às oportunidades económicas criadas pela globalização, o congresso apelou às instituições económicas internacionais, incluindo o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional e a Organização Mundial do Comércio, para que tomem medidas adequadas de modo a propiciar a igualdade e um sistema económico internacional justo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *