Três militantes islâmicos suspeitos e dois polícias sauditas foram mortos no terceiro dia de troca de tiros na cidade de Dammam, na parte oriental da arábia Saudita.
Três militantes islâmicos suspeitos e dois polícias sauditas foram mortos no terceiro dia de troca de tiros na cidade de Dammam, na parte oriental da arábia Saudita. Estas mortes elevam a cinco os suspeitos de pertencerà al-Qaeda mortos no confronto que teve início no passado Domingo. Outro polícia perdeu a vida em confrontos anteriores. as forças armadas continuam a cercar um edifício numa importante rua da cidade onde os suspeitos se refugiaram.
Três homens foram mortos no final da tarde de segunda-feira por membros das forças de segurança, disse uma fonte do sector da segurança. as autoridades afirmam que estes eram membros do al-Qaeda.
Segundo as testemunhas houve uma forte troca de tiros. Há informações contraditórias sobre quantos militantes estão dentro do edifício.
Há dois anos que as forças de segurança sauditas mantêm uma campanha contra militantes islâmicos.
Desde Maio 2003 ocidentais e residentes árabes são alvo de ataques suicidas e de raptos por parte destes militantes. Mais de 140 pessoas foram mortas e mais de 100 militantes perderam a vida nesta campanha do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *