Uma série de ataques levam o governo a questionar o respeito da trégua por parte dos rebeldes. O mediador de União africana foi chamado com urgência para restabelecer uma atmosfera favorável ao diálogo.
Uma série de ataques levam o governo a questionar o respeito da trégua por parte dos rebeldes. O mediador de União africana foi chamado com urgência para restabelecer uma atmosfera favorável ao diálogo. O principal mediador da União africana (Ua) para a paz em Darfur, Salim ahmed Salim, é esperado hoje em Cartun para encontros preliminares antes de reiniciar os diálogos de paz em abuja (Nigéria), programados para 15 de Setembro.
Segundo o governo sudanês Salim foi chamado para se encontrar com os rebeldes que continuam activos em Darfur. Uma série de ataques que ocorreram na semana passada na região de al Malam podem, segundo a agência oficial de imprensa SUNa, arruinar a atmosfera para o próximo encontro.
as autoridades suspeitam que estes ataques tenham sido levados a cabo por membros do Exército/Movimento de Libertação do Sudão (SLa-M), o principal grupo rebelde do país. O governo acusa os rebeldes de violar a trégua, até agora só parcialmente respeitada por ambas as partes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *