O segundo ano do ciclo bienal do Curso de Missiologia terminou hoje, em Fátima. Uma semana dedicada ao estudo e reflexão de temas ligados à missão e ao ser missionário.
O segundo ano do ciclo bienal do Curso de Missiologia terminou hoje, em Fátima. Uma semana dedicada ao estudo e reflexão de temas ligados à missão e ao ser missionário. O testemunho de três anos na Tanzânia, do casal de Leigos Missionários da Consolata, Paulo e Teresa, entusiasmou os 25 participantes do Curso de missiologia que,sábado, terminou em Fátima.
Paulo e Teresa transmitiram o seu viver e contaram as suas tarefas na Faraja House, missão de Iringa, com 70 miúdos, na sua maioria vítimas de Sida.
O grande desafio é o da continuidade, salientou Paulo Rocha, lembrando que não há nenhum casal de leigos missionários da Consolata que tenha dado seguimento ao projecto.
ao longo de uma semana, sacerdotes e religiosas de diferentes institutos bem como leigos de diversos pontos do país aprofundaram conhecimentos sobre a missão.
Fui atravessado por Cristo?: aquestão disparada pelo superior geral dos missionários da Boa Nova, padre antónio Couto, serviu para mostrar a conversão de Saulo em Paulo e todo o trabalho missionário que ele iniciou a partir de ter sido atravessado por Cristo. E adiantou: Só tenho necessidade de anunciar, se Cristo mudou radicalmente a minha vida.
No espaço para mais uma constatação pertinente: actualmente não temos história nenhuma para contar, ao contrário de Paulo que pediu que ouvissem a sua história. E também não temos tempo, pois implica reflexão.
ao longo das diversas sessões os oradores despertaram consciências, assinalaram os perigos do relativismo e a necessidade de uma resposta cristã, pela diferença e pela salvação que traz a fé em Cristo.
além da formação, o grupo teve ainda trabalhos de grupo, celebração da Eucaristia e das Horas, e momentos de convívio. Um dos pontos altos desta semana ocorreu com a recitação do terço, sexta-feira, na Capelinha das aparições, na habitual transmissão da Rádio Renascença, a partir do Santuário de Fátima.
Seis alunos concluíram este curso de missiologia de dois anos de formação. No próximo ano, a formação incidirá sobre a missão nos actos dos apóstolos, Espiritualidade missionária, Desafios da inculturação e a mulher como sujeito e destinatário da missão.
O curso é uma iniciativa dos Institutos Missionários ad gentes (IMaG) e conta com o apoio das Obras Missionárias Pontifícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *