Pereceram 17 pessoas, das quais 14 crianças, no incêndio de um edifício de sete pisos, em Paris, todas de origem africana e com dificuldades económicas.
Pereceram 17 pessoas, das quais 14 crianças, no incêndio de um edifício de sete pisos, em Paris, todas de origem africana e com dificuldades económicas. Há ainda a lamentar 30 feridos, dois dos quais em estado grave. No edifício pertencente à Câmara de Paris viviam à volta de 130 africanos provenientes do Mali, Gambia, Costa do Marfim e outros países, apoiados por organizações humanitárias.
O incêndio deu-se depois da meia-noite e são ainda desconhecidas as causas. O fogo terá começado no vão das escadas entre o segundo e o sétimo andar. Os primeiros bombeiros a chegarem ao local viram cenas dramáticas: crianças que gritavam e procuravam os pais, gente aflita que se lançava das janelas para fugir às chamas, mães desesperadas que procuravam os seus filhos.
Em abril passado as chamas destruíram outro prédio, causando 24 mortos, quase todos africanos. ambos os incêndios aconteceram em prédios antigos, para onde são relegados os imigrantes e aqueles que não têm meios para poderem habitar em condições de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *