a cidade australiana de Sidney foi escolhida por Bento XVI para acolher a próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2008.
a cidade australiana de Sidney foi escolhida por Bento XVI para acolher a próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2008. Perante um milhão de jovens o Papa Bento XVI anunciou, no final da Missa conclusiva da XX Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Colónia, que escolhera a cidade australiana de Signey para acolher a próxima jornada, em 2008.
Já circulavam rumores, há vários dias, da escolha de Sidney para sede da próxima JMJ. O próprio arcebispo George Pell tinha anunciado, que, caso a escolha se confirmasse, iria convidar o realizador Mel Gibson para representar a Paixão de Cristo usando como palco vários locais da cidade de Sidney.
No final da cerimónia de encerramento da XX JMJ, o arcebispo de Colónia, cardeal Meisner entregou a cada um dos cinco jovens dos diversos continentes um símbolo do logótipo da JMJ de Colónia: o cometa, a cauda do cometa, a cruz, o símbolo das agulhas da catedral de Colónia, e o símbolo do Reno. São sinais do envio, da missão a levar ao mundo a luz deCristo descoberta e sentida em Colónia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *