Estão a decorrer os funerais de John Garang na catedral de Todos os Santos, em Juba.
Estão a decorrer os funerais de John Garang na catedral de Todos os Santos, em Juba. Dezenas de milhar de pessoas participam na cerimónia ecuménica de adeus ao líder independentista e vice-presidente do Sudão, morto num acidente de helicóptero nas montanhas do sul do país. além da multidão proveniente de vários pontos do Sudão, participam no rito fúnebre o presidente sudanês Omar al-Bashir, o sul-africano Thabo Mbeki, o ugandês Yoweri Museveni, o queniano Mwai Kibaki e o presidente da comissão da União africana, alpha Oumar Konaré.
Sob um sol abrasador, numa luta contra o tempo, numeroso grupos de voluntários, orientados por um dos seis filhos do vice-presidente defunto, Cholo Garang, estudante de belas artes na universidade britânica de Kent, ultimaram o mausuléu onde será sepultado o corpo John Garang.
Colocado no cimo da colina mais alta de Juba, nas proximidades da assembleia legislativa provincial, o túmulo formado por uma estrutura encimada por uma estrema, que ripresenta o astro que guia na bandeira do SPLa-M (Movimento de Libertação Popular do Sudão). a entrada do mausoléu simboliza o Sudão e a porta de saída o Novo Sudão, que john Garang queria criar depois da assinatura DO aCORDO DE PaZ, EM Janeiro passado e que pôs fim a 21 anos de guerra civil entre o norte e o sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *