a amnistia Internacional denuncia a situação das crianças do Nepal, muitas vezes alvo directo de acções militares num conflito, que dura há anos.
a amnistia Internacional denuncia a situação das crianças do Nepal, muitas vezes alvo directo de acções militares num conflito, que dura há anos. a amnistia Internacional (aI) denunciou, a 26 de Julho, que milhares de crianças do Nepal enfrentam a violência e os abusos de um brutal combate, que dura há nove anos, entre maoí­stas e forças de segurança do Nepal.
No relatório Nepal: Crianças no meio do conflito, esta organização afirma que as crianças nepalesas estão a ser mortas, ilegalmente detidas, torturadas, violadas, raptadas e recrutadas para actividades militares. ambas as partes envolvidas no conflito são acusadas de violar os mais fundamentais direitos das crianças.
“Este conflito é um desastre para as crianças do Nepal”, disse Purna Sem, director do programa para a Ásia e Pacífico da aI. “Muitas crianças são alvo de ataques directos de ambas as pates envolvidas no conflito, centenas e centenas morreram vítimas de bombas, milhares de crianças foram obrigadas a fugir, abandonando as suas casas e caindo numa pobreza e exploração desesperantes”.
De um lado e de outro, são responsáveis pela morte de crianças. as forças de segurança matam crianças por suspeita de envolvimento com os maoí­stas; por seu lado, estes raptam e matam filhos do pessoal das forças de segurança. Os rebeldes matam muitas crianças, bombardeando e deixando explosivos em instalações civis.
a violência sobre crianças é uma violação directa do governo do Nepal em matéria de direitos humanos. a Convenção dos Direitos da Criança (CDC) prevê que “toda a criança privada da liberdade deve ser tratada com humanidade… de maneira que tenha em conta as necessidades das pessoas da sua idade”. Por seu lado a tortura, ous outros tratamentos crueis, desumanos ou degradantes são proibidos pela CDC e pela aliança Internacional dos Direitos Civis e políticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *