a Peregrinação das Crianças deu ao Santuário de Fátima muita cor e alegria. aos mais pequenos, o bispo auxiliar de Braga disse que é importante crescer na fé, numa altura de crise económica
a Peregrinação das Crianças deu ao Santuário de Fátima muita cor e alegria. aos mais pequenos, o bispo auxiliar de Braga disse que é importante crescer na fé, numa altura de crise económica a 36a Peregrinação anual das Crianças reuniu os mais pequenos no Santuário de Fátima esta segunda-feira, 10 de junho. antónio Moiteiro Ramos, bispo auxiliar de Braga, presidiu a esta celebração que decorreu a partir do tema Coração de Maria, refúgio e caminho. aos mais pequenos, o prelado disse que é necessário crescer no amor de Deus, numa fé cada vez mais forte, que se traduz na certeza de que Deus está vivo.

Segundo antónio Moiteiro Ramos, esse crescimento é ainda mais importante num momento de crise económica. Nós estamos num país em que muitos dos vossos pais estão tristes e desanimados, disse o bispo auxiliar de Braga, aludindo à falta de trabalho.

Durante a celebração, o prelado recordou também as palavras de Nossa Senhora à pastorinha Lúcia, perante o sofrimento causado pela notícia de ficar sem os seus primos: Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus’.

após a comunhão, chegou um momento muito aguardado pelas crianças: a distribuição da surpresa. Este ano, o Santuário de Fátima ofereceu aos mais pequenos um lenço, no qual está gravado o tema da peregrinação, uma forma para recordar que o coração de Maria é refúgio e caminho.

Depois deste momento, antónio Marto, bispo na diocese de Leiria-Fátima, elogiou a alegria das milhares de crianças que encheram o local de culto da Cova da Iria, e afirmou que a boa disposição dos mais pequenos indica que é belo ser cristão. Hoje, Dia de Portugal, é preciso dizer que as crianças portuguesas são cheias de beleza e encanto, concluiu o prelado.