Nos meses de junho, julho e agosto, a diocese de aveiro vai promover a humanização e realizar momentos de oração e de convívio, no âmbito da iniciativa «Missão Jubilar»
Nos meses de junho, julho e agosto, a diocese de aveiro vai promover a humanização e realizar momentos de oração e de convívio, no âmbito da iniciativa «Missão Jubilar»Em aveiro, os fiéis continuam empenhados em assinalar a Missão Jubilar, uma iniciativa que está a marcar os 75 anos da restauração da diocese. Esta comemoração é uma ocasião para enfrentar novos desafios pastorais durante os próximos meses, altura em muitos se encontram de férias, considera antónio Francisco dos Santos, bispo diocesano.
assim, no próximo dia 11 de junho, aveiro vai promover o Dia da Saudação. O objetivo é levar as pessoas a saudarem todos aqueles com quem se cruzarem nesse dia, de forma a quebrar o anonimato e a indiferença, promovendo a humanização. Queremos preencher espaços humanos deixados vazios pela solidão. Vamos saudar-nos dizendo, em palavras marcadas pela verdade da amizade e do afeto, que ninguém está só, explica o prelado em comunicado.

a 11 de julho os fiéis vão viver o Dia da oração. Os responsáveis por esta iniciativa vão percorrer, ao longo deste dia, cada um dos concelhos da diocese para realizar momentos de oração. Queremos dar alma cristã à vida humana. Fazemo-lo pela oração, na certeza de que Deus está sempre presente no meio daqueles que se reúnem em seu Nome, destaca antónio Francisco dos Santos.

Por fim, o dia 11 de agosto será assinalado como o Dia da cristoteca. a iniciativa vai decorrer na Costa Nova (Ílhavo), e os participantes vão poder divertir-se ao som de música de mensagem, a qual promove valores humanos e cristãos. Queremos ser rosto de Cristo vivo. Vamos criar ambiente de festa e plantar a cristoteca no coração da vida do mundo, onde conviver e cantar sejam nome e modo de evangelizar, realça o bispo de aveiro.