Um programa social da írea Metropolitana do Porto vai doar até mil euros às famílias que estejam a atravessar dificuldades, em consequência da crise económica vivida em Portugal

Um programa social da írea Metropolitana do Porto vai doar até mil euros às famílias que estejam a atravessar dificuldades, em consequência da crise económica vivida em Portugal
O Programa de Emergência Social (PMES) da Área Metropolitana do Porto (aMP) já tem o seu regulamento aprovado, e vai disponibilizar até mil euros por agregado familiar. Segundo o documento ratificadona última semana, a que a agência Lusa teve acesso, o apoio financeiro excecional e temporário, que terminará no fim do ano, destina-se a apoiar agregados familiares carenciados, em situação de emergência social grave, nomeadamente no âmbito da habitação, da carência alimentar, de cuidados de saúde e do apoio à educação das crianças e jovens que residam num dos municípios da aMP.
O plano de emergência social terá uma escala metropolitana, sendo que a ajuda não será dada em função da dimensão de cada um dos concelhos, mas das necessidades das pessoas. O PMES foi anunciado em março, depois da Junta Metropolitana do Portoter decidido doar dois milhões de euros, que representam dois terços das suas poupanças, aos novos pobres da área metropolitana que, devido à crise económica e social, atravessem difíceis situações económicas que não se compadecem com tempos de espera por outras ajudas institucionais.