O curso de Ciências das Religiões, da Universidade Lusófona, atribui prémio a jornalista e antecipa uma conferência sobre «o Estado e a Religião: entre a ética do cidadão e a espiritualidade do indiví­duo»
O curso de Ciências das Religiões, da Universidade Lusófona, atribui prémio a jornalista e antecipa uma conferência sobre «o Estado e a Religião: entre a ética do cidadão e a espiritualidade do indiví­duo» a II Conferência Consciência e Liberdade, organizada pelo curso de Ciências das Religiões, da Universidade Lusófona (ULHT), numa parceria com a associação Internacional para a Defesa da Liberdade Religiosa (aIDLR), vai refletir sobre O Estado e a Religião: entre a ética do cidadão e a espiritualidade do indivíduo. Decorre na tarde de terça-feira, 28 de maio, em Lisboa. Para o debate contribuem Dora Bognandi, da aIDLR de Itália, questionando a Liberdade Religiosa: abrangência e limites da interferência do Estado no direito à crença, Paulo Renato Garrochinho, da representação portuguesa da aIDLR, com o tema do papel da espiritualidade e da Religião na Ética da Cidadania e, por fim, Paulo Mendes Pinto (de Ciências das Religiões, da ULHT, refletindo sobre Liberdade Religiosa, Estado e Cidadania. a conferência inicia-se pelas 18h00 de terça-feira, dia 28, na sala S. 0. 11, no campus universitário da Lusófona no Campo Grande, em Lisboa, e inclui, pelas 19h45, a entrega do Prémio Consciência e Liberdade 2013 ao jornalista da SIC, Joaquim Franco.